O processo

Já me tinha passado pela cabeça uma mudança para Londres. Mas por medo de não me conseguir desenrascar e comodismo acabei por ir ficando em Portugal.

O meu namorado falava na mudança de país algumas vezes mas eu continuava a resistir à ideia.

Há uns meses e após falar com amigos que se mudaram para lá comecei a pensar que talvez uma mudança para Londres não fosse uma má ideia.

Foi aí que começaram as pesquisas infinitas no Google. Casas para alugar, quartos, empregos, abrir conta no banco, sistema de segurança social, blogs sobre Londres, etc.

A seguir veio a necessidade de confirmar se me sentia bem em Londres. Para me certificar disso tratámos de marcar viagem para Londres na última semana de férias deste ano.

Ficámos em casa de um casal amigo no sul de Londres, perto de Canada Water na zona 2. Saímos todos os dias, percorremos alguns pontos da cidade, visitámos a minha madrinha e a minha tia avó, visitámos o “London Dungeon” e o “Museum of Brands, Packaging and Advertising” em Notting Hill. Foi o suficiente para sentir que Londres podia ser a minha casa, pelo menos por algum tempo.

Irmãos

Tenho 4! Todos rapazes e eu sou a mais velha. O meu irmão mais crescido viveu comigo desde pequeno e mantemos contacto regularmente mesmo eu estando por Londres. Os outros 3 da parte do meu pai com outra mulher vi-os muito poucas vezes. Quase não os conheço.
O facto da mulher do meu pai não ser a melhor pessoa do mundo também não facilita o contacto. Eu como não sou de querer incomodar deixo-me estar no meu canto. Mas há 2 dias lembrei-me de procurar os miúdos no facebook. Encontrei os 2 mais velhos e adicionei-os. O do meio aceitou o pedido ontem. Mas hoje de manhã bloqueou-me!
Acredito que não tenha sido por escolha dele e isso está-me a irritar. Porque razão não posso manter contacto com os meus irmãos?! Não compreendo.

Esta semana

Esta foi uma semana complicada. Estive quase a ir para Portugal mais cedo mas acabei por decidir esperar até ao dia já marcado já que faltam poucos dias. A ideia de largar aqui tudo de repente e voar para Portugal era um bocado assustadora.

Saltinho a Lisboa

Mais um saltinho a Lisboa já que este Natal vai ser mesmo por Londres. Deu para ver a família e amigos mas passou rápido demais e parece que o tempo nao esticou tanto como da última vez.
De destacar a primeira visita ao Foxtrot, um bar na zona de Sao Bento que foi um verdadeiro achado e onde decidimos marcar o encontro com os amigos. Obrigada Mónica! Grande sugestao. Além de um ambiente excelente com lareira ainda o luxo de nos estacionarem o carro!

De Volta

Estamos de volta a Londres.
Vimos a familia e amigos no dia em que chegámos. Almoco com os meus avós e jantar com os sogros com direito a passagem na casa da cunhada para ver as sobrinhas. Mais tarde no mesmo dia confirmámos mais uma vez que os portugueses sao uns cortes por natureza mas fomos surpreendidos com a presenca de algumas pessoas que nao viamos há muito tempo e contámos com os amigos mais próximos no encontro que marcámos num bar em Benfica. Foi um dia super cansativo mas muito bom! 
No segundo dia seguimos para Milfontes. Apesar do nevoeiro constante as férias foram muito boas e deu para ir a praia todos os dias. Comemorámos 10 anos juntos a acampar no parque do costume e descansámos muito. A minha mae passou em Milfontes num dos dias para almocar connosco e depois ao final da tarde seguiu viagem para o Algarve.
No último dia chegámos a Lisboa depois da hora de almoco e ao final da tarde fomos para o aeroporto.

Equacao

Trabalho, trabalho e mais trabalho + família por Londres + concerto de RATM = muito pouco tempo para vir aqui escrever.