Crete, Part I – Planning

Ana walking in Balos beach2016 was a tough year but I didn’t let that stop me from exploring new places.

So the last holiday my tonsils went on was Crete in September 2016 (in October I finally got my tonsillectomy after years of having tonsillitis).

As it was a new place for me a lot of planning went into it. Booking flights, 5 places to stay (around the must go to beaches) and sorting the car rental.

I usually book the flights first  and this was done roughly 3 months in advance.

We flew into Heraklion which was not ideal as all the “best” beaches are located further west of the island.

It was worth it for the amazing food though. And Heraklion is a nice little town.

We had 8 nights to explore Crete and I will tell you how we spent our time there. Hopefully this will inspire you and help you if you are considering a visit to Crete.

I will also share the not so great experiences we had while on this Greek island.

In Part II: Renting a car in Crete and 1 night in Heraklion

Intro, 10 years on 

25 de Abril bridge palm trees and wavesMost of you know my blog as I started writing back in 2007 just before I moved to London.

I was living a fairly comfortable life in the outskirts of Lisbon when I decided to move to London in search of a more financially independent life.

My boyfriend and I lived and workbig ben a london park and london eyeed together for a year before the big move. We resigned at the same time and planned this big adventure together.

Now that we are fully settled in London it makes sense to start writing in English.

For my Portuguese readers I am hoping to write the occasional post in Portuguese. Some of you might also be able to follow me in English, if not you can make the most out of Google translator.

I will be writing about whatever I feel like as I have done so far but you can expect a lot of travel related stuff as I fell in love with it when I moved to London.

34

Este ano as celebracoes foram na Dinamarca. Alugámos um quartinho pelo Airbnb numa casa a beira de um lago a meia hora de Copenhaga. Como alugámos carro a localizacao foi perfeita.
Visitámos algumas cidades além de Copenhaga. Gostámos muito mas é um destino um bocado caro.
Para verem as fotos acompanhem-me no Instagram.

Turismo com o Mano

E a razão da minha ausência. O meu irmão esteve por cá mais de uma semana com a namorada e foi só passeio. Foram os anos dele e celebrámos a grande com um fim de semana longo.
O dia de anos foi sempre a abrir com passeio por Covent Garden, almoço no The Diner em Shaftesbury Avenue, passeio por Bricklane e mini golf, cocktails na happy hour do Apples and Pears, jantar no Yuu Kitchen e ping pong no Bounce em Old Street.
E no Domingo vimos o Benfica ganhar a Taca de Portugal na casa do Sporting de Londres. O meu irmão foi muito bem recebido mesmo equipado com a camisola do Benfica e cachecol. Bebemos muita Super Bock comemos chouriço assado e um belo cozido a Portuguesa.
Para a despedida comemos sushi até rebentar em Camden e bebemos caipirinhas no Spiritual Caipirinha Bar.
Foram uns dias bem bons a aproveitar o melhor de Londres em família.
Agora de volta a vidinha normal, trabalho, casa e passar tempo com amigos e pessoal do trabalho.

Foi Preciso Chorar

Falei com a minha manager ontem de manha porque ainda não estava satisfeita com a resolução da situação. E ficámos na mesma. Ela foi querida mas disse que não podia fazer mais nada.
Fiquei ainda mais chateada.
Durante o dia falei sobre o assunto com um colega meu que é amigo dela. Eu sabia que havia a possibilidade de ele lhe contar o que discutimos mas nem quis saber.
Mais tarde ela chamou-me para mais uma reunião. E começou por me dizer que eu não devia andar a discutir estas coisas no trabalho e blah blah blah. Eu disse que infelizmente estava chateada demais para conseguir não falar no assunto.
Com o andar da conversa e com os nervos comecei a chorar. A minha manager disse para eu não ficar assim e abraçou-me. E só aí começou a puxar pela cabeça para arranjar maneira de remediar a situação comigo.
Lá chegámos a um acordo. Um aumentozinho extra em cima dos 5% e uns dias de férias extra. E hoje ainda me propôs uma mudanca para uma equipa nova e começar um projecto novo.
Pena ter sido preciso chorar mas ao menos ficou tudo resolvido.