O processo

Já me tinha passado pela cabeça uma mudança para Londres. Mas por medo de não me conseguir desenrascar e comodismo acabei por ir ficando em Portugal.

O meu namorado falava na mudança de país algumas vezes mas eu continuava a resistir à ideia.

Há uns meses e após falar com amigos que se mudaram para lá comecei a pensar que talvez uma mudança para Londres não fosse uma má ideia.

Foi aí que começaram as pesquisas infinitas no Google. Casas para alugar, quartos, empregos, abrir conta no banco, sistema de segurança social, blogs sobre Londres, etc.

A seguir veio a necessidade de confirmar se me sentia bem em Londres. Para me certificar disso tratámos de marcar viagem para Londres na última semana de férias deste ano.

Ficámos em casa de um casal amigo no sul de Londres, perto de Canada Water na zona 2. Saímos todos os dias, percorremos alguns pontos da cidade, visitámos a minha madrinha e a minha tia avó, visitámos o “London Dungeon” e o “Museum of Brands, Packaging and Advertising” em Notting Hill. Foi o suficiente para sentir que Londres podia ser a minha casa, pelo menos por algum tempo.

2 thoughts on “O processo

  1. Restelo says:

    Quando tivermos mais uma portuga em Londres, avisa! Nada é perfeito, mas há países melhores que outros. Tudo depende dos critérios. Pessoalmente estou a adorar o meu emprego, e isso para mim, é extremamente importante. Outras coisas como ainda não ter encontrado a casa que goste, resolvem-se com o tempo. Quanto à falta de sol, a pessoa habitua-se. Se precisares de algum conselho, diz.

Leave a Comment