Emprestar Dinheiro II

Está agora a fazer um ano que emprestei dinheiro e depois do último episódio nem uma palavra!
Ponho-me no lugar dessa pessoa e tenho a certeza de que eu estaria a morrer de vergonha por ter ficado tanto tempo sem devolver dinheiro emprestado e mais ainda por nao ter sequer pedido desculpas pela demora.
Já emprestei dinheiro antes e sempre mo devolveram com relativa rapidez ou quando mais demorado tiveram sempre o cuidado de me manter ao corrente da situacao. Por todas essas vezes nao posso generalizar nem dizer que o melhor é passar a nao ajudar. Só tenho de ser mais selectiva.

4 thoughts on “Emprestar Dinheiro II

  1. Pecola says:

    Eu também acho que passa por aí: ponderar os riscos de acordo com a pessoa. Nunca me aconteceu nada de muito grave nesse campo, mas na família tenho quem fosse fiador na compra de casa (que acaba por ser uma forma de emprestar) e ainda esteja a pagar as dívidas dos "amigos".

  2. Helena says:

    Eu nunca empresto simplesmente porque nao tenho, muahahah, mas conheço uma pessoa que está numa situação parecida com a tua e o que posso dizer é que para a próxima, em vez de disponibilizares logo o dinheiro sem fazer cerimónias nem perguntas, tens que estipular um prazo de pagamento e a partir daí é tares sempre a assediar (depois do prazo), com simpatia, nem que seja por sms, dizendo que o dinheiro te está a fazer falta e que estás a aguardar o pagamento. Nem que seja às prestações, a pessoa fica com vergonha e ao menos vai pagando. Costuma-se dizer que é mais fácil pedir o que é dos outros do que o que é nosso, mas há que haver justiça.

  3. Sofia says:

    Helena este pedido foi tao inesperado que eu fiquei sem saber o que dizer ou fazer! Ser apanhada de surpresa ás vezes faz-me fazer e dizer coisas sem pensar e depois dá asneira! Vá lá que ao menos nao emprestei o valor que ela precisava e acabei por emprestar um bocado menos.

    Beijinhos,
    Sofia

Leave a Comment