Nova flatmate francesa – Parte II

Ou segundas impressões.

Primeiro a nossa saladeira que guardamos no nosso armário apareceu a cheirar a peixe no escorredor da loiça.

Segundo foi o sal que desapareceu ontem. Directamente do nosso armário. Andámos feitos parvos à procura do sal para temperar a carne e nada! Até que depois perguntámos à rapariga que também estava na cozinha se ela sabia do sal ao que ela respondeu que estava no quarto dela!!! Lá devolveu o sal. Depois disto colei um papel a dizer PRIVATE dentro do armário.

Esta manhã foi o açúcar! Desapareceu o pacote inteiro de açúcar que também estava bem guardado no nosso armário. Bati-lhe à porta do quarto e perguntei se ela o tinha tirado do armário mas ela disse que não com um ar um bocado chateado. Escrevi um bilhete pouco simpático que colei no frigorifico sobre o açúcar desaparecido e ninguém se acusou. Tendo em conta que aqui em casa só vivem mais duas raparigas e a outra nunca usou as nossas coisas tenho todas as razões para acreditar que o açúcar foi pelo mesmo caminho do sal.

Há uns minutos atrás cruzei-me com a dita francesa e perguntei mais uma vez pelo açúcar mas ela respondeu: “I don’t take it!”

Aceitam-se sugestões para resolver este problema com a aventesma que veio para Londres aprender inglês e passa o dia enfiada em casa…

9 thoughts on “Nova flatmate francesa – Parte II

  1. Tuga em Londres says:

    Hum, pois, tiveste azar com essa. Muito provavelmente terá sido ela a tirar o açucar também sim. Ela ja deve ter percebido que não ficaste contente com a situação. A ver se nao desaparece mais nada. Se desaparecer, convocas um “reunião de casa” e falas com todos sobre o que se tem andado a passar. Vais ver que ela fica logo envergonhada por voltar a tirar mais qq coisa.

  2. Restelo says:

    Se a coisa não melhorar sugiro:
    -trancar os armários
    -deixar comida fora de prazo com post-it: sert-toi de ça conasse/salope de merde (eu não vou traduzir esta última parte, ok!)
    Mas sempre que precisares de injuriar em francês, sabes que podes contar comigo! Ok, isto não soa nada bem… Eu tenho desculpa, vivo com um francês!

  3. living in london says:

    mas que azar!
    eu tb já tive a infelicidade de viver com gente assim;e é uma experiência muito má.
    Eu não tenho problema nenhum em emprestar as minhas coisas,se me pedirem,mas chegar para usaá-las e descbrir que as usaram sem permissão ou desapareceram com elas é enervante.

  4. tiago says:

    ja viste se o açucar nao esta misturado no frasco do sal? visto que a francesa é “xica esperta”. ola sou o tiago

Leave a Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.